hero

O prompt minimalista, extremamente rápido e infinitamente personalizável para qualquer shell!

Primeiros passos →

Compatibilidade primeiro

Funciona nos principais shells nos principais sistemas operacionais. Use em qualquer lugar!

Poder do Rust

Tenha o melhor da velocidade e segurança do Rust, para tornar seu prompt o mais rápido e confiável possível.

Personalizável

Cada pequeno detalhe é personalizável ao seu gosto, para tornar esse prompt o mínimo possível ou rico em recursos, como você preferir.

# Pré-requisitos

# Instalação

  1. Instale o binário do starship:

    # Instalando a última versão

    Com o Shell:

    curl -sS https://starship.rs/install.sh | sh
    

    Para atualizar o Starship de maneira manual, execute novamente o script acima. Isto irá substituir a versão atual sem alterar as configurações do Starship.

    # Instalar via gerenciador de pacotes

    Com o Homebrew (opens new window):

    brew install starship
    

    Com o Scoop (opens new window):

    scoop install starship
    
  2. Adicione o script de inicialização no arquivo de configuração do seu shell:

    # Bash

    Adicione o seguinte comando no final do arquivo ~/.bashrc:

    # ~/.bashrc
    
    eval "$(starship init bash)"
    

    # Fish

    Adicione o seguinte comando no final do arquivo ~/.config/fish/config.fish:

    # ~/.config/fish/config.fish
    
    starship init fish | source
    

    # Zsh

    Adicione o seguinte comando no final do arquivo ~/.zshrc:

    # ~/.zshrc
    
    eval "$(starship init zsh)"
    

    # Powershell

    Adicione o comando a seguir ao final do arquivo Microsoft.PowerShell_profile.ps1. Você pode checar a localização deste arquivo consultando a variável $PROFILE no PowerShell. Normalmente o caminho é ~\Documentos\PowerShell\Microsoft.PowerShell_profile.ps1 ou ~/.config/powershell/Microsoft.PowerShell_profile.ps1 no -Nix.

    Invoke-Expression (&starship init powershell)
    

    # Ion

    Adicione o seguinte comando no final do arquivo ~/.config/ion/initrc:

    # ~/.config/ion/initrc
    
    eval $(starship init ion)
    

    # Elvish

    ::: atenção

    Only elvish v0.18 or higher is supported.

    :::

    Adicione o comando a seguir ao final do arquivo ~/.elvish/rc.elv:

    # ~/.elvish/rc.elv
    
    eval (starship init elvish)
    

    # Tcsh

    Adicione ao final do arquivo ~/.tcshrc:

    # ~/.tcshrc
    
    eval `starship init tcsh`
    

    # Nushell

    ::: atenção

    This will change in the future. Somente Nushell v0.61+ é suportado.

    :::

    Add the following to to the end of your Nushell env file (find it by running $nu.env-path in Nushell):

    mkdir ~/.cache/starship
    starship init nu | save ~/.cache/starship/init.nu
    

    E adicione o seguinte ao final da sua configuração do Nushell (encontre-o executando $nu.config-path):

    source ~/.cache/starship/init.nu
    

    # Xonsh

    Adicione o seguinte ao final do arquivo ~/.xonshrc:

    # ~/.xonshrc
    
    execx($(starship init xonsh))
    

    # Cmd

    Você precisa do Clink (opens new window) (v1.2.30+) com Cmd. Adicione o seguinte num arquivo starship.lua e coloque este arquivo no diretório scripts do Clink:

    -- starship.lua
    
    load(io.popen('starship init cmd'):read("*a"))()