# FAQ

# Qual é a configuração usada no GIF de demonstração?

# Como eu consigo obter autocompletar de comando, conforme mostrado no GIF de demonstração?

O suporte de autocompletar, é provido pelo shell que você escolher. No caso da demonstração, é utilizado o Fish Shell (opens new window), que prove autocompletar como padrão. Se você usa Z Shell (zsh), Eu sugiro que você dê uma olhada no zsh-autosuggestions (opens new window).

# De forma geral format e <module>.disabled fazem a mesma coisa?

Sim, ambos podem ser usados para desativar os mulos no prompt. Se seu objetivo geral é desativar modulos, <module>.disabled é o mais recomendado pelas seguintes razões:

  • Desabilitar módulos é mais explícito do que omiti-lo através do format
  • Modulos recém-criados serão adicionados quando o Starship for atualizado

# As documentações dizem que o Starship é cross-shell. Porque minha shell preferida não é suportada?

A forma em que o Starship foi construído, faz com que ele seja compatível com qualquer shell. O binário do starship é sem estado e shell agnóstico, então se o seu shell suporta customização de prompt e expansão de shell, Starship pode ser utilizado.

Aqui está um pequeno exemplo de como o Starship funciona com o bash:

# Recupera o status do último comando executado
STATUS=$?

# Recupera o número de jobs que estão rodando.
NUM_JOBS=$(jobs -p | wc -l)

# Define a saída do prompt para ´starship prompt`
PS1="$(starship prompt --status=$STATUS --jobs=$NUM_JOBS)"

A implementação do Bash (opens new window) embutida no Starship é um pouco mais complexa para aceitar recursos avançados como o Módulo de duração de comando (opens new window) e para garantir isto o Starship é compatível com configurações pre-instaladas.

Para uma lista de flags aceitos pelo starship prompt, use o seguinte comando:

starship prompt --help

O prompt vai usar o contexto fornecido, mas nenhuma flag é obrigatória.

# Como faço para rodar o Starship em distribuições Linux com versões antigas do glibc?

Se você está tendo um erro como "version 'GLIBC_2.18' not found (required by starship)" quando usa o binário prebuilt (por exemplo, no CentOS 6 ou 7), você pode usar um binário compilado com musl em vez do glibc:

sh -c "$(curl -fsSL https://starship.rs/install.sh)" -- --platform unknown-linux-musl

# Eu vejo símbolos que não entendo ou não esperado, o que isso significa?

Se você vê símbolos que não reconhece você pode usar starship explain para exibir os módulos que estão sendo mostrados no momento.

# Por que não consigo visualizar um simbolo glifo no meu prompt?

A causa mais comum é a configuração incorreta do sistema. Algumas distribuições Linux em particular não vem com suporte de fontes pronto para uso. Você deve conferir os pontos abaixo:

  • Sua localização está configurada como UTF-8, como por exemplo de_DE.UTF-8 ou ja_JP.UTF-8. Se LC_ALL não estiver configurado como UTF-8, você deve mudar (opens new window).
  • Você tem uma fonte de emoji instalda. A maioria dos sistemas vem com uma fonte de emoji instalada como padrão, mas alguns não (principalmente o Arch Linux). Você pode instalar uma em seu sistema, através do gerenciador de pacotes-noto emoji (opens new window) é uma escolha popular.
  • Você está usando uma Nerd Font (opens new window).

Para testar seu sistema, execute o comando abaixo em um terminal:

echo -e "\xf0\x9f\x90\x8d"
echo -e "\xee\x82\xa0"

A primeira linha deve produzir um emoji de cobra (opens new window), enquanto a segunda linha deve produzir um um simbolo de bifurcação (e0a0) (opens new window).

Se um dos símbolos acima falhar seu sistema ainda está configurado de forma errada. Infelizmente, obter a configuração de fontes correta as vezes é difícil. Usuários no Discord podem te ajudar. Se os dois símbolos acima exibirem de forma correta, mas você ainda continua sem visualizar no Starship, registre um erro! (opens new window)

# Como eu desinstalo o Starship?

O Starship é tão fácil de desinstalar tão como é para instalar.

  1. Remova qualquer linha da configuração do seu shell (ex: ~/.bashrc) usada para iniciar o Starship.
  2. Delete o binário do Starship.

Se o Starship foi instalando usando algum gerenciador de pacotes, por favor consulte as documentações do mesmo para instruções de desinstalação.

Se o Starship foi instalado usando o script de instalação, o comando abaixo irá remover o binário:

# Localiza e deleta o binario do starship
sh -c 'rm "$(which starship)"'